• Nenhum comentário

A importância do controle de bens do Ativo Imobilizado


O que são bens de ativo imobilizado?

Classificam-se como ativo imobilizado os bens e direitos necessários à manutenção da atividade da empresa. Tais bens e direitos são registrados no Balanço Patrimonial e apresentam-se na forma tangível (veículos, computadores e periféricos, softwares e licença de uso, equipamentos de refrigeração, gôndolas e prateleiras, maquinas e equipamentos, móveis e utensílios, imóveis, terrenos, etc.). São os bens que a empresa não tem intenção de vender em curto prazo ou que dificilmente podem ser convertidos imediatamente em dinheiro. Possuem então, um caráter de permanência, chamados de bens patrimoniais.

O que é Inventário Patrimonial?

É um controle que confirma a existência física dos bens, se estão operacionalmente ativos, condição de uso, etc.

Como o inventário Patrimonial ajuda as empresas?

Além de deixar as informações dos bens atualizadas, o inventário físico bem apurado é uma fonte confiável para tomada de decisões mais assertivas e fornecem suporte também para outras áreas da empresa.

Porque fazer o Inventário da sua empresa?

Um levantamento de bens patrimoniais realizado corretamente assegura a qualidade e credibilidade dos valores registrados no balanço patrimonial que é entregue a Receita Federal do Brasil anualmente por meio do SPED ECD e ECF.

Para as organizações, possuindo um inventário disponível é possível programar diversos controles que irão garantir uma melhor gestão do imobilizado, como controle da localização do bem, controle do das manutenções e avaliação de despesas.

Com isso, uma boa gestão do patrimonial reduz possíveis despesas por falta de controle da localização, mau uso ou falta de manutenção, furtos por parte dos colaboradores, entre outros.

Fonte: CPC 27 – Ativo Imobilizado